• Mariana Maito

Robotização nos Processos de Engenharia Civil

Veja as principais aplicações da Robotização atualmente e suas projeções dentro da Construção Civil.

 


 

A Robotização nada mais é do que o processo de atribuir tarefas anteriormente executadas por humanos a equipamentos tecnológicos, chamados de robôs. Dessa forma, a robotização teve seu surgimento no setor industrial para facilitar e maquinizar processos, tornando-os mais viáveis e acessíveis economicamente.


O processo da indústria 4.0, o qual obteve-se maior avanço da robótica não ficou apenas no setor secundário. Mas se alastrou para todos os outros setores, estando presente hoje no comércio, na construção civil, entre outros.


Imagem via: Itambé


A implantação desses serviços na construção civil se dá aos poucos, mas já se fala de um futuro em que as obras funcionaram como uma linha de montagem o qual os elementos estruturais chegarão prontos e serão substituídos por partes na construção, facilitando os processos.


Trazendo esse meio para a realidade atual, hoje o BIM, Modelagem de Informações da Construção, é uma maneira de ver em 3D o que será construído, sendo fiéis ao resultado da construção. Também é implantado a tecnologia robótica na construção civil na parte de transporte de ensacamentos de pequeno porte podendo estender sua capacidade no futuro.


Atualmente, estão surgindo no mercado várias construtechs, essas empresas são voltadas para a construção civil que tem como princípio modernizar o setor facilitando a produtividade e a economia, prestando serviços internos e externos ao canteiro de obras.



Imagem via: Itambé



Vantagens e desvantagens


Primeiramente, pode-se dizer que geralmente avanços tecnológicos trazem benefícios para a sociedade, pois esses ajudam no desenvolvimento da sociedade como um todo. Na área da construção civil não é diferente, isso porque pode ser visto como demora para finalizar uma obra nos dias de hoje.


Com o auxílio da robotização esse tempo tende a ser encurtado, já que a maioria das estruturas chegarão pré-prontas ao local da construção, também otimizará os recursos econômicos gerando menos custo com mão de obra. Além de implementar táticas que auxiliem na visualização do projeto pelo dono da construção antes mesmo dela ficar pronta, dessa maneira, caso seja necessária alguma mudança essa pode ser feita sem comprometer a estrutura inicial.


Mas não são só vantagens que o processo de robotização traz para a construção civil. A padronização de peças pré-moldadas pode trazer o malefício de não se ajustar adequadamente a obra, pois não foi montada no local. Além disso, a redução de mão de obra humana pode sofrer algumas restrições sociais e gerar desemprego. Também é uma desvantagem da falta de mão de obra humana a facilidade de adequar o projeto a situações necessárias, pois pedreiros e mestres de obra já aprenderam com a prática o que dará certo para determinada construção civil.


Imagem via: Jornal de Blumenau


 

Gostou do conteúdo?

Fique por dentro das nossas redes sociais:






 

Fonte e referências:


- https://itforum.com.br

- https://www.intecbrasil.com.br/site/







24 visualizações4 comentários

Posts recentes

Ver tudo